Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

AMAPÁ, BRASIL - Um dos melhores lugares para quem gosta de ecoturismo, surfar nas Pororocas do Rio Amazonas e estar nos Dois Hemisférios da terra ao mesmo tempo

ITAUBAL, AMAPÁ - Venha conhecer o Festival dos Marajoaras que se dividi em religioso e profano, recheado de desfiles, feira de artefato, festa dançante e a tradicional corrida de cavalos.




CONHEÇA A CIDADE DE "ITAUBAL", AMAPÁ, BRASIL
Vista aérea da cidade de Itaubal, AP (Prefeitura Municipal)
FESTIVAL DOS MARAJOARAS NA CIDADE DE ITAUBAL, AP 
A herança cultural paraense e amapaense se fundem e se complementam, já que historicamente o Estado do Pará e o Amapá faziam parte da mesma área geográfica. 
Essa similaridade faz com que muito paraenses acabem imigrando para o Estado do Amapá e aqui encontrem ambiente semelhante ao que viviam, entre eles, o Marajó. 
Conhecer a cultura e tradições de um local é importantíssimo para conhecermos as pessoas, seu modo de pensar, agir e planejar o futuro. Tais afirmativas se completam no pensamento: “se você não me conhece, não canta as minhas musicas, não me ver, nem lê os meus livros, nunca saberá o que tenho, tinha e terei, dificilmente vai se interessar pelo o que tenho à dizer”. 
Vista parcial da cidade de Itaubal, AP (Prefeitura Municipal)
Secretaria de saúde da cidade de Itaubal, AP (Prefeitura Municipal)
Foi pensando exatamente nestes olhares que os marajoaras residentes em itaubal, no ano de 2003 resolveram fundar uma associação que tivesse como foco preservar a cultura marajoara, realizar intercâmbio com a cultura amapaense e nesse fundir-se, criar um festejo onde cultura paraense- marajoara e suas ramificações no Amapá pusessem ser percebidas, valorizadas e apreendidas por todos os integrantes e participantes. Assim nasceu o Festival dos Marajoaras que se dividi em religioso e profano, recheado de desfiles, feira de artefato, festa dançante e a tradicional corrida de cavalos. 
Escola Estadual da cidade de Itaubal, AP (Prefeitura Municipal)
Biblioteca Barca das Letras em Itaubal, AP (Prefeitura Municipal)
Itaubal, AP (G1.com)
SÃO SEBASTIÃO NA COMUNIDADE DE CARMO DO MACACOARI EM ITAUBAL, AP 
A Festa de São Sebastião é uma das maiores festas religiosas e culturais do Município de Itaubal. Realizada na Comunidade de Carmo do Macacoari – Distrito de Itaubal, distante 14 km da sede do município, completou 100 anos de existência e é a segunda mais antiga comemoração religiosa do Município de Itaubal, teve sua origem pautada na devoção de alguns moradores da comunidade que no dia 20 de janeiro, rezavam melosas ladainhas em honra a São Sebastião. Tornou – se conhecida em todo o Estado do Amapá como a festa do Macacoari. 
Igreja de São Sebastião na Comunidade de Carmo do Macacoari em Itaubal, AP (Alessandro-0778)
Interior da Igreja de São Sebastião da Comunidade de Carmo do Macacoari, Itaubal, AP (Diocese de Macapá)
FESTIVAL DO AÇAÍ EM ITAUBAL, AP 
Festividade típica da Comunidade de São Tomé do Macacoari. A Festividade encontra-se no quinto ano e é realizada no mês de julho, época de maior incidência do Açaí de onde se extrai o vinho que é consumido na Região Norte, principalmente no Amapá e Pará.  (Prefeitura Municipal)
Entardecer em Itaubal, AP (Prefeitura Municipal)
Itaubal, AP (Prefeitura Municipal)
Chegando na cidade de Itaubal, AP (Alessandro - 0778)
Búfalos pastando nas proximidades da cidade de Itaubal, AP (Prefeitura Municipal)
Ponte sobre o Rio Curicaca em Itaubal, AP (Rayssa A. Barros)
Rio Curicaca em Itaubal, AP (Rayssa A. Barros)
Praça central da cidade de Itaubal, AP (Rayssa A. Barros)
Rio Curicaca em Itaubal, AP (Rayssa A. Barros)
Vila do Curicaca em Itaubal, AP (Prefeitura Municipal)
Agência dos Correios e Telégrafos na avenida principal de Itaubal, AP (Prefeitura Municipal)
Rio Piririm em Itaubal, AP (Adelvane Monteiro)
Itaubal, AP (Prefeitura Municipal)
Entorno da cidade de Itaubal, AP (Cleber Barbosa)
Itaubal, AP (Prefeitura Municipal)
Rio Passando pela cidade de Itaubal, AP (Prefeitura Municipal)
Entorno da cidade de Itaubal, AP (Prefeitura Municipal)
Entorno da cidade de Itaubal, AP (Prefeitura Municipal)
Itaubal, AP (Prefeitura Municipal)
Itaubal, AP (Prefeitura Municipal)
Itaubal, AP (Prefeitura Municipal)
Prefeitura Municipal da cidade de Itaubal, AP (Prefeitura Municipal)
Câmara de Vereadores da cidade de Itaubal, AP (Prefeitura Municipal)
Código do Município - 1600253 
Gentílico - Itaubenses 
Prefeito 2017 / VICTOR HUGO LOPES RODRIGUES 
População estimada [2016] - 5.061 pessoas 
População no último censo [2010] - 4.265 pessoas 
Densidade demográfica [2010] - 2,5 hab/km² 
O município tinha 4265 habitantes no último Censo. Isso coloca o município na posição 15 dentre 16 do mesmo estado. Em comparação com outros municípios do Brasil, fica na posição 4557 dentre 5570. 
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2014] - 1,7 salários mínimos 
Pessoal ocupado [2014] - 306 pessoas 
População ocupada [2014] 6,3 % 
Apresenta 18.1% de domicílios com esgotamento sanitário adequado, 22.6% de domicílios urbanos em vias públicas com arborização e 6.5% de domicílios urbanos em vias públicas com urbanização adequada (presença de bueiro, calçada, pavimentação e meio-fio). 
HISTÓRICO DO MUNICÍPIO DE ITAUBAL, AP 
Foi edificada sob uma elevação de terras à margem direita do rio Piririm. 
As primeiras notícias do município datam de 1935 quando algumas famílias de agricultores passaram a residir no local. Em 1940 chegam mais migrantes, trazendo uma imagem de São Benedito que passou a ser o padroeiro do lugar e até hoje encontra-se no altar da igreja matriz de Itaubal. Nesse mesmo ano é celebrada a primeira missa, pelo padres Felipe Blanc (MSF). 
O topônimo vem de Itaúba, uma madeira de lei abundante no local.
ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE DE ITAUBAL, AMAPÁ
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO DE ITAUBAL, AMAPÁ 

VALEU PELA VISITA - SEMPRE VOLTE



Fonte / Fotos - IBGE / THYMONTHY BECKER / GOVERNO DE ITAUBAL, AP / WIKIPÉDIA / 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SERRA DO NAVIO, AMAPÁ - A História da Serra do Navio remonta aos anos 1950. A região era rica em manganês e outros minérios. Por isso, a brasileira ICOMI, com sede em Belo Horizonte e atuação em Minas Gerais, foi escolhida para explorar o minério e construir a vila operária, que daria origem à cidade de Serra do Navio. Cada vila tinha 330 casas, prédios coletivos (escolas, hospitais, refeitórios), abrigando até 1.500 pessoas, entre trabalhadores e familiares. Tinha ruas largas, postes de concreto para a fiação elétrica e telefônica, calçadas, parques, clubes com piscina, quadras esportivas, restaurante e lanchonete, drenagem de águas das chuvas e tratamento de água e esgoto. Todas as casas tinham mais de 90m² e contavam com saneamento e energia elétrica, proveniente de geradores da ICOMI.

CONHEÇA A CIDADE DE "SERRA DO NAVIO", AMAPÁ, BRASIL CONHEÇA A FAMOSA "LAGOA AZUL" DE SERRA DO NAVIO, AP A história da Lagoa Azul se mistura à criação da Serra do Navio e à atividade de exploração na década de 1950 A Amazônia é conhecida pelos rios, igarapés e cachoeiras. Mas, a maioria das pessoas nem imaginam que aqui existam lagoas de águas azul turquesa. A 208 quilômetros de Macapá, capital do Amapá, fica a Lagoa Azul, um paraíso que nasceu de uma mina abandonada. O lugar fica próximo à Vila Serra do Navio, cidade criada na década de 1950 para abrigar os trabalhadores de uma empresa de mineração. A lagoa azul e o passado da história da Serra do Navio estão entrelaçados. De acordo com a prefeitura da cidade, a cor marcante da lagoa, em tom azul anil, acontece por conta dos minérios da região especialmente o carbonato de manganês. O lugar era uma mineração. Hoje é possível chegar até lá através de trilhas ou de carro. A região é cercada por uma floresta tropical. O…

AMAPÁ, AMAPÁ - Cachoeiras com grande volume de água, paisagens exuberantes e a Base Aérea usada Pelos Estados Unidos (USA) que eh um museu a céu aberto

CONHEÇA A CIDADE DE "AMAPÁ", AMAPÁ, BRASIL Foto - Governo do estado do Amapá MENSAGEM DOS MORADORES DA CIDADE DE AMAPÁ, AP Foto - Célia Favacho A CIDADE DE AMAPÁ, AP  O município de Amapá, que tem o nome do estado, está localizado ao norte do Estado, distante 312 quilômetros da capital. O acesso é por via terrestre, através da BR-156, além de marítimo e aéreo. A região é atendida regularmente por linhas de ônibus que partem de Macapá. Entre as atividades econômicas que se destacam está a pecuária, com ênfase para a criação de búfalos, e a pesca.  O nome do município de Amapá, assim como o do Estado do Amapá, uma espécie de árvore brasileira (amazônica) chamada amapazeiro, que possui um tronco volumoso, um metro de diâmetro na base, casca espessa, por onde escorre um abundante leite branco: o leite de Amapá. Os frutos, em formato de maçã, são bastante saborosos, entretanto, é na farmacopeia que o leite do Amapá tem maior aproveitamento. É utilizado para combater diversos males, d…